Rating: 3.4/5 (505 votos)

ONLINE
2



Visita Domiciliar

VISITA DOMICILIAR - a extensão do consultório!

 Postado em: 27/02/2016

 Atualizado em: 04/09/2016

  

A Organização Mundial de Saúde define Assistência Domiciliar como a provisão de serviços de saúde, com objetivo de promover, restaurar e manter o conforto, função e saúde das pessoas num nível máximo, incluindo cuidados para uma morte digna.

Acredita-se que as mudanças e potencialização da Atenção Primária à Saúde no Brasil a partir da implantação da Estratégia Saúde da Família (ESF) têm repercutido na assistência domiciliar, que passou de uma assistência pontual, a um processo de atenção continuado, integral e multidisciplinar no qual se realizam funções e tarefas sanitárias, assistenciais e sociais, dentro da lógica da vigilância à saúde.

Entendemos a visita domiciliar como uma grande possibilidade de atendimento domiciliário junto às famílias, que favorece a avaliação das demandas desses clientes, bem como do ambiente em que vivem. Momento de promoção da saúde surge como uma oportunidade de estabelecimento de um plano assistencial voltado à recuperação e ao autocuidado.

Para a ESF, a Visita Domiciliar é uma tecnologia de interação no cuidado à saúde, sendo de fundamental importância quando adotada pela equipe de saúde no conhecimento das condições de vida e saúde das famílias sob sua responsabilidade.

Ao fazermos a Visita Domiciliar, nos deparamos com cada história. E são essas histórias que nos dão gás para continuarmos nessa luta diária da ESF. A Visita Domiciliar é uma das atribuições dadas pela PORTARIA Nº 2.488, DE 21 DE OUTUBRO DE 2011 a todos os membros da equipe de saúde da Estratégia Saúde da Família.

A Visita Domiciliar assim como as demais ações de saúde, além de ser registrada nos prontuários, deve alimentar os sistemas de informações em saúde, fundamentais para o planejamento e avaliação dessas ações.

 

 Objetivos da Visita Domiciliar


Para a execução da Visita Domiciliar, o primeiro passo é definir seu foco, que pode abranger um ou mais dos seguintes objetivos:


• Conhecer o domicílio e suas características ambientais, identificando socioeconômicas e culturais;
• Verificar a estrutura e a dinâmica familiares com elaboração do genograma ou familiograma ou ecomapa;
• Identificar fatores de risco individuais e familiares;
• Prestar assistência ao paciente no seu próprio domicílio, especialmente em caso de acamados;
• Auxiliar no controle e prevenção de doenças transmissíveis, agravos e doenças não transmissíveis, estimulando a adesão ao tratamento, medicamentoso ou não;
• Promover ações de promoção à saúde, incentivando a mudança de estilo de vida;
• Propiciar ao indivíduo e à família, a participação ativa no processo saúde-doença;
• Adequar o atendimento às necessidades e expectativas do indivíduo e de seus familiares;
• Intervir precocemente na evolução para complicações e internações hospitalares;
• Estimular a independência e a autonomia do indivíduo e de sua família, incentivando práticas para o autocuidado;
• Aperfeiçoar recursos disponíveis, no que tange a saúde pública, promoção social e participação comunitária.

 

Fotos: Edilon Miranda

Local: Comunidade do Vale do Sol, Areinha, Viana-ES

 

Edilon Miranda

(Enfermeiro-ESF)

Seja bem-vindo!

 

Essa página foi criada com o objetivo de destacar informações de relevância a promoção da saúde dos usuários/pacientes que utilizam os serviços da Estratégia Saúde da Família.

Contudo essa página não pretende oferecer soluções imediatistas para os dilemas da vida humana, simplesmente vai sugerir uma outra maneira de raciocinar sobre os conflitos existenciais do cotidiano comum da população. 

Vale ressaltar que essa é uma pagina sem fins lucrativos e não governamental.

 

Fique à vontade!

 

Edilon Miranda

COREN-ES 350768 - Enfermeiro

Especialista em Estratégia Saúde da Família pela UERJ


 Calendário da saúde




 Caderno do ACS


Sites dos Conselhos:


Sites Úteis: