Rating: 3.6/5 (253 votos)

ONLINE
1



PREVALÊNCIA DO AME

PREVALÊNCIA DO ALEITAMENTO MATERNO DE FORMA EXCLUSIVA NA POPULAÇÃO ASSISTIDA PELA EQUIPE DE ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA DO BAIRRO AREINHA, VIANA-ES

 

RESUMO

 

O aleitamento materno é o único alimento capaz de atender de maneira adequada a todas as peculiaridades fisiológicas do metabolismo dos lactentes proporcionando um crescimento mais saudável, apresentando também vantagem para mãe, pois auxilia na involução uterina, na redução da hemorragia, pós-parto entre outros, para a família o leite materno promove maior interação entre o grupo familiar, principalmente o binômio e pode ser considerado sinônimo de economia. A relevância do assunto justificou-se devido às recomendações da Organização Mundial de Saúde e Ministério da Saúde acerca do aleitamento materno de forma exclusiva até o sexto mês de vida do bebê. O presente estudo utilizou uma metodologia transversal, exploratória com abordagem quanti-qualitativa. A amostra da pesquisa foi constituída por 35 mulheres com filhos de idade maior que 6 meses e menor ou igual a 12 meses, residentes na área de abrangência da equipe de Estratégia de Saúde da Família do Bairro Areinha acompanhadas pelo Agente Comunitário de Saúde da referida equipe. O presente estudo teve como objetivo identificar a prevalência do aleitamento materno de forma exclusiva na amostra da pesquisa. O presente estudo foi realizado entre os meses de maio e outubro do ano de 2015. Na estratificação dos dados a prevalência do Aleitamento Materno de forma exclusiva ficou com uma média em meses de 3,8 ((± 1,80), essa prática de amamentação, porém de forma exclusiva até o 6º mês de vida da criança ocorreu em somente 17,65% (n=7). Foi levantado o motivo pela qual as mães fizeram introdução de outro liquido/alimento na dieta do filho antes do 6º mês de vida e 14,28% (n=5) afirmaram: “tinha que retornar ao trabalho”.As participantes da pesquisa foram ainda inquiridas se estas sabiam os benefícios do Leite Materno para as crianças,7 participantes (20%) afirmaram não saber dos benefícios, outras 7 participantes (20%) afirmaram saber os benefícios, porém não sabiam relatar quais, e as demais participantes (n=21) (60%) relataram alguns tipo de beneficio do Leite Materno.

 

Descritores: Aleitamento Materno;Prevalência; Saúde da Família; Gestantes.

 

Edilon Miranda

Enfermeiro-ESF

 Calendário da saúde




Sites dos Conselhos:


Sites Úteis: