Rating: 3.3/5 (538 votos)

ONLINE
2



AVALIAÇÃO ODONTOLÓGICA NA GESTAÇÃO

Foto: Edilon Miranda

 

A gestação é um acontecimento fisiológico, com alterações orgânicas naturais, mas que impõe aos profissionais de saúde a necessidade de conhecimentos para uma abordagem diferenciada. O estado da saúde bucal apresentado durante a gravidez tem relação com a saúde geral da gestante e pode influenciar a saúde geral e bucal do bebê. Portanto, é de extrema importância que os serviços de saúde estabeleçam como rotina a busca ativa das gestantes de sua área de abrangência, incluindo-as no grupo operativo e no pré-natal.

 

Problemas bucais mais comuns na gravidez:

Os problemas bucais mais comuns durante o período gestacional são a cárie dentária, a erosão no esmalte dentário, a mobilidade dentária, a gengivite e a periodontite. Por isso, toda mulher grávida deve ser avaliada quanto aos hábitos de higiene bucal, ao acesso à água fluoretada e às doenças da boca.

 

 

CÁRIE:

As mulheres grávidas correm maior risco de apresentar a cárie dentária por diversas razões, incluindo o aumento da acidez na cavidade bucal, a elevação da frequência da ingestão de alimentos e por causa da pouca atenção que elas dão para a saúde bucal. Filhos de mães que têm altos níveis de cárie são mais propensos a manifestar esta doença.

  

CUIDADO BÁSICO COM A SAÚDE BUCAL (CÁRIE)

Pacientes grávidas devem diminuir o risco, escovando seus dentes, no
mínimo, duas vezes por dia (com creme dental fluoretado) e limitando a ingestão de alimentos açucarados
.

 

 

EROSÕES NO ESMALTE DENTÁRIO:

As erosões no esmalte dentário podem ocorrer em pacientes que apresentam vômitos persistente, pois durante a gestação a cavidade bucal é exposta com mais frequência ao ácido gástrico, que pode desgastar o esmalte dentário. 

 

CUIDADOS BÁSICOS COM A SAÚDE BUCAL (EROSÕES NO ESMALTE DENTÁRIO)

As estratégias de cuidado objetivam reduzir a exposição oral ao ácido por intermédio de dieta e de alterações no estilo de vida, além do uso de antieméticos, antiácidos ou ambos (atenção: medicamentos prescritos pelo profissional de saúde).

 

Lavar a boca com uma colher de chá de bicarbonato de sódio em um copo de água após o vômito pode neutralizar o ácido. As mulheres grávidas evitar a escovação dos dentes imediatamente após o vômito e usar uma escova de dentes com cerdas macias para reduzir o risco de danos ao esmalte. Bochechos com flúor podem proteger as pacientes da erosão de seu esmalte e da sensibilidade dentinária.

 

 

A avaliação odontológica é de suma importância, haja vista que os benefícios das boas práticas de saúde certamente se estenderão ao futuro bebê, por meio da adoção de hábitos alimentares adequados e de medidas preventivas, minimizando a possibilidade do surgimento de várias patologias na criança, entre elas a cárie dentária.

 

Acesse também: Notícias & Destaques na Saúde Bucal

 

Postado em: 31/03/2017

Fonte: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Atenção ao pré-natal de baixo risco / Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Editora do Ministério da Saúde, 2012.

Seja bem-vindo!

 

Essa página foi criada com o objetivo de destacar informações de relevância a promoção da saúde dos usuários/pacientes que utilizam os serviços da Estratégia Saúde da Família.

Contudo essa página não pretende oferecer soluções imediatistas para os dilemas da vida humana, simplesmente vai sugerir uma outra maneira de raciocinar sobre os conflitos existenciais do cotidiano comum da população. 

Vale ressaltar que essa é uma pagina sem fins lucrativos e não governamental.

 

Fique à vontade!

 

Edilon Miranda

COREN-ES 350768 - Enfermeiro

Especialista em Estratégia Saúde da Família pela UERJ


 Calendário da saúde




 Caderno do ACS


Sites dos Conselhos:


Sites Úteis: