Rating: 3.6/5 (253 votos)

ONLINE
1



A importância da doação de sangue nas férias

A importância da doação de sangue no período de férias

 

Imagem: reprodução/internet

 

 

Doar sangue é um importante ato de amor ao próximo, e uma única bolsa pode ajudar a salvar a vida de mais de três pacientes. Mas no início de cada ano, o estoque de bolsas de sangue reduz devido às férias, e a ausência dos doadores das suas respectivas cidades. Este cenário é muito parecido em todas as regiões do país, por isso os estados realizam campanhas de conscientização e pedem que as pessoas doem sangue antes de viajar.

A doação não leva muito tempo. Este pequeno gesto pode ajudar a manter o funcionamento dos Hemocentros, além de evitar que falte sangue para alguém que precisa. 

 

VOCÊ SABIA?

Existe um artigo no Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943 (Consolidação das Leis do Trabalho - CLT) permite ao doador de sangue, falte do serviço uma vez por ano, sem sofrer desconto:

⇒ CLT - Art. 473 - O empregado poderá deixar de comparecer ao serviço se prejuízo do salário

⇒ IV - por um dia, em cada 12 (doze) meses de trabalho, em caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada;

 

Vale lembrar que os servidores públicos também tem esse direito. É só verificar no estatuto da autarquia na qual você é servidor. Em alguns estatutos dá direito até três dias no ano.

Outro benefício ao doar sangue é dado aos concurseiros, saiba que existe no edital da maioria dos concursos um jeitinho de fazer o bem e ainda se beneficiar com a isenção da taxa de inscrição. É só você virar doador de sangue regular, guardar os comprovantes de doação e se beneficiar dessa regra para economizar um pouco (observar a regra no edital do concurso na qual você vai prestar).

Ainda tem a meia entrada nos cinemas de alguns estados brasileiros e a preferência na fila de banco, supermercados entre outros estabelecimentos (essa regra depende da legislação de cada estado).

 

Vale ressaltar que a doação de sangue é voluntária, anônima, altruísta e não remunerada, antes de qualquer benefício devemos lembrar que esse gesto SALVA VIDAS!!!

 

Saiba quais são os critérios para se tornar um doador (regras gerais):

Levar documento oficial de identidade com foto (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou carteira nacional de habilitação);

Estar bem de saúde;

Ter entre 16 (dos 16 até 18 anos incompletos, apenas com consentimento formal dos responsáveis) e 69 anos, 11 meses e 29 dias;

Pesar mais de 50 Kg;

Faça um repouso mínimo de 6 horas na noite anterior a doação

Não tome bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores

Evite fumar por pelo menos 2 horas antes da doação

Evite alimentos gordurosos nas 3 horas antes da doação

As pessoas que exercem profissões como: pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, sobem em andaimes e praticam pára-quedismo ou mergulho, devem interromper estas atividades por 12 horas antes da doação

 

Para as mulheres:

Aguardar 3 meses após o parto normal e abortamento e 6 meses após cesariana;

Não doar sangue se estiver amamentando ou grávida;

A menstruação não impede de doar sangue desde que a doadora não esteja anêmica.

 

 

Postado em: 09/01/2017

Por: Edilon Miranda (Enfermeiro)


 

Acesse também:

Doe sangue regularmente;

⇒ Doação de Sangue: saiba como e quem pode doar;

 Calendário da saúde




Sites dos Conselhos:


Sites Úteis: